SINDFESP - SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS DA FAZENDA DO ESTADO DE SÃO PAULO

Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020
FILIE-SE

Enquete

Qual é sua avaliação do Governo do Estado com os funcionários públicos?

Otimo

Bom

Regular

Péssimo

 

Anvisa regulamenta uso medicinal de produtos derivados da Cannabis no Brasil (04/12/2019)

  • Com validade de três anos, texto indica critérios para venda de derivados da Cannabis; compra só poderá ser feita com prescrição médica

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça, 3 de dezembro, texto de regulamentação de produtos derivados da Cannabis para uso medicinal. A decisão, que será publicada no Diário Oficial da União, tem vigência temporária de até três anos, devido ao estágio técnico-científico em que se encontram estudos de produtos à base da Cannabis.

    A resolução da Anvisa trata sobre os procedimentos para a concessão de autorização sanitária para a fabricação e a importação de produtos, estabelece requisitos para comercialização, prescrição, dispensação, monitoramento e fiscalização de produtos para fins medicinais. A Cannabis é a planta da qual são extraídas substâncias como o canabidiol (CDB) e o tetra-hidrocanabidiol (THC).

     

    Enquanto a diretoria da Anvisa discutia a regulamentação da maconha medicinal no Brasil, o Jornal da USP publicava conteúdo sobre o tema buscando abastecer a sociedade de informações.
    Ciência USP #20: O que dizem mães e cientistas sobre a maconha medicinal?
    Neste episódio, o médico Antônio Zuardi, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, explica qual é o atual estado das pesquisas com os canabinoides – as substâncias da maconha que se ligam aos receptores do nosso sistema endocanabinoide. Zuardi lidera os esforços de construção do novo Centro de Pesquisas em Canabinoides, uma parceria da USP com uma empresa farmacêutica nacional.

    Jornal da USP

    A regulamentação da maconha medicinal tem sido tema de forte debate em Brasília. Enquanto a diretoria da Anvisa não decide como regulamentar um uso que já é feito por meio de autorizações judiciais, Ciência USP conversou com mães e cientistas para entender quais são os efeitos medicinais das plantas do gênero Cannabis e o que está em jogo na disputa pelas novas regras.

    Neste episódio, o médico Antônio Zuardi, professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, explica qual é o atual estado das pesquisas com os canabinoides – as substâncias da maconha que se ligam aos receptores do nosso sistema endocanabinoide. Zuardi lidera os esforços de construção do novo Centro de Pesquisas em Canabinoides, uma parceria da USP com uma empresa farmacêutica nacional.

    Contamos as histórias de duas mães que buscaram nos canabinoides ajuda para tratar os filhos. As duas crianças foram diagnosticadas com Síndrome de Dravet, um tipo severo de epilepsia, mas responderam de formas muito diferentes aos produtos de Cannabis.

    Conversamos, ainda, com os professores Erik Amazonas, da UFSC, e Luís Fernando Tófoli, da Unicamp.

    Também neste episódio…


    Pesquisadores do Instituto de Biociências (IB) da USP desenvolveram uma técnica inovadora, que combina células-tronco e impressão em 3D para produzir tecidos hepáticos humanos para serem usados em transplantes.

    E o caso do primeiro paciente tratado com células CAR T na América Latina. Ele chegou ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto com um câncer terminal e saiu de lá pouco depois de um mês com remissão total da doença.

    Ficha técnica
    Apresentação: Silvana Salles
    Produção: Ivanir Ferreira, Rose Talamone, Maju Petroni, Silvana Salles e Luiza Caires
    Edição de som: Guilherme Fiorentini e Tabita Said
    Apoio: equipe audiovisual do Jornal da USP

Copyright © SINDFESP - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por E-Assis